Habacuque 3.17-18

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação!" ~ Habacuque 3.17-18

sábado, julho 27, 2013

Tú Es a minha única Esperança ... !

Três homens morrem na mesma hora e vão para o céu, chegando na porta do céu Jesus veio recebê-los e disse:
- Irei fazer a mesma pergunta a cada um de vocês e a sua resposta, determinará seu destino eterno.
Então Jesus pergunta ao primeiro homem:
- POR QUE DEVO DEIXA VOCÊ ENTRAR NO MEU CÉU?
Então aquele homem sorriu e disse:
- Por eu creio e tenho fé.
Então Jesus disse:
- Você quer entrar no meu céu baseado em algo em você mesmo?
E o homem disse:
- Sim.
Então Jesus disse:
- Ninguém entra no meu céu baseado em algo nele mesmo. Então Cristo enviou aquele homem para o inferno.
Então Jesus olhou para o segundo homem e disse:
- POR QUE EU DEVERIA DEIXAR VOCÊ ENTRAR EM MEU CÉU?
O homem então disse:
- Eu não somente acreditei no Senhor como também lhe obedeci.
Então Jesus disse:
Você gostaria de entrar no meu céu baseado em seu próprio esforço, gostaria de lhe explicar ninguém entra no meu céu baseado naquilo que fez; então Jesus envia aquele homem para o inferno.
Então Jesus olhou para o terceiro homem e disse:
- POR QUE EU DEVERIA DEIXAR VOCÊ ENTRA EM MEU CÉU?
Então aquele homem baixou a cabeça e disse:
- Eu não consigo pensar em uma razão, a não ser que o Senhor prometeu, que se eu coloca-se minha confiança no Senhor, o Senhor me daria a sua retidão, por causa daquilo que o Senhor fez na cruz por mim, que o Senhor me salvaria; o Senhor me prometeu.
Então Jesus disse para este homem:
- Você quer entrar no meu seu por causa de algo que eu fiz?
E o homem disse:
- É a única coisa que eu tenho!
Jesus então diz:
- Isto é tudo que você precisa. Então deu bem vindo a ele, e deixou entrar no céu.
Como escreveu o autor de um antigo hino diz:
“Minha esperança descansa sobre nada mais do que o sangue de Cristo e sua retidão”

Não brinque com sua alma.

Ilustração usada por Don Klister em um sermão pregado na Conferência Fiel 2010 “O Caminho de Deus”.





sexta-feira, julho 06, 2012

"Tú És o Cristo, o filho do Deus vivo"

"Jesus foi para a região que fica perto da cidade de Cesaréia de Filipe. Ali perguntou aos discípulos:
— Quem o povo diz que o Filho do Homem é?
Eles responderam:
— Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é Jeremias ou algum outro profeta.
— E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? — perguntou Jesus.
Simão Pedro respondeu:
— O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo.
Jesus afirmou:
— Simão, filho de João, você é feliz porque esta verdade não foi revelada a você por nenhum ser humano, mas veio diretamente do meu Pai, que está no céu. Portanto, eu lhe digo: você é Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e nem a morte poderá vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino do Céu; o que você proibir na terra será proibido no céu, e o que permitir na terra será permitido no céu.
Então Jesus ordenou que os discípulos não contassem a ninguém que ele era o Messias."
Mateus 16.13-20

     Neste contexto vemos a resposta dos discípulos à pergunta de Jesus, eles respondem acerca do que o povo diz, mas Jesus queria saber a impressão deles. Assim Jesus lhe perguntou de novo: E vocês o que dizem que eu sou?
   Ai está a pergunta para nos cristão deste tempo, talvez essa pergunta nunca foi tão difícil de ser respondidas, principalmente neste seculo, é difícil para nós entender a morte do filho de Deus em favor da minha vida e da sua vida por vários motivos ... Talvez por sermos uma das geração mais egoísta e humanistas que já existiu ou por não entendermos a santidade do nosso Deus e o reconhecimento dos nossos pecados e insignificância.
   Talvez como os discípulos em reação a essas perguntas podemos olhar para os milagres feitos por ele a pouco como curas, multiplicação de peixes e milagres relatados nos capítulos anteriores a esse verso, mas não compreendemos de verdade, nos apegamos a respostas dos outros, podemos ate pensar que Jesus era  como João Batista, que pregava o arrependimento e o reino de Deus, podemos crer que Ele é como Elias, um profeta que manisfestá o poder de Deus, ou como Jeremias que transmitirá a mensagem do fim e da esperança futura ou creremos que Ele é mais um profeta enviado por Deus.

     E então vem a resposta de Pedro dizendo: "O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo". Por ser o filho do Deus vivo pode se concluir que Ele é o Salvador e Senhor de todos. Mas como Jesus diz a seguir: "Você é feliz porque esta verdade não foi revelada a você por nenhum ser humano, mas veio diretamente do meu Pai, que está no céu." Então se conclui que isso foi revelado pelo Pai.
   Achei interessante um relato descrito no livro o "Peregrino" num dialogo da Esperança com cristão, está diz: Prossegui depois em oração até que o Pai me revelasse Seu Filho, isso é importante para nos, termos essa convicção de que Jesus é o Filho de Deus, nos dá a certeza do seu amor e perdão, mesmo sendo tão difícil compreender com os olhos carnais por isso assim se diz: "Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus”(I Co. 1.18)

     Temos que clamar ao Pai para nos revelar Cristo a nós, senão seremos cegos, temos que clamar: Jesus, Filho de Davi tem misericórdia de mim, pois quero ver, quero entender essa Verdade, quero ter uma total convicção pela revelação do seu Espirito, só queremos entender pela fé. Senão andaremos ao teu lado, caminharemos contigo e nunca entenderemos, veremos os seus milagres dia apos dias em nossas vidas, mas não compreenderemos o Teu poder, seremos sempre advertidos pela nossa falta de fé e buscaremos ser salvos pelas obras como nos versos anteriores acerca do fermento dos fariseus e nunca nos será revelada a grandeza do Messias como foi para Pedro, Tiago e João e a Igreja nunca intenderá o poder que Cristo deu a ela para pregar, curar e libertar como diz no texto a seguir: "Você é Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e nem a morte poderá vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino do Céu; o que você proibir na terra será proibido no céu, e o que permitir na terra será permitido no céu."

     E também, depois disto Ele pode falar abertamente para os discípulos sobre seu sofrimento, morte e ressurreição, porque eles não se escandalizariam, porque para nossa compreensão é difícil entender, por isso Pedro diz: "Que Deus não permita! Isso nunca vai acontecer com senhor", sendo difícil entender a verdade da Salvação e essa santa revelação. Assim, nunca entenderemos o proposito de Deus, temos que clamar por revelação, revelação que nos deixe convictos e desesperados, que nos faça loucos por crer nessa verdade que só pode ser revelada pelo Grande Deus. Para que possamos compreender Evangelho e vive-Lo, honrar o Senhor como Ele é digno, que possamos ser a sua Igreja e reconhecermos o Seu senhorio. Que vivamos a loucura do Evangelho que é poder de Deus para a nossa salvação. Que possamos não ser como o mundo, que possamos conhece-Lo ...

"Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece; porque não conheceu a ele." (1 Jo. 3:1)


Kenyelle S.

sexta-feira, março 30, 2012

Jesus Freaks!


"Quanto mais perto estou da cruz, mais perto estou de Deus, – quanto mais longe dela, mais me afasto do Senhor".
André, (Grécia, 66 d.C)

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Frieza Espiritual

Versicúlo: Isaias 31.1

"Ai dos que descem ao Egito em busca de socorro e se estribam em cavalos, que confiam em carros, porque são muitos, e em cavaleiros, porque são muito fortes, mas não atentam para o Santo de Israel, nem buscam ao Senhor" 

     Nos tempos de Davi, o povo vivia um tempo de adoração, e realmente buscava ao Senhor, a presença do Senhor em suas batalhas lhe traziam a vitória, mas com o passar do tempo o povo entrou em uma decadência espiritual, Israel passou a se preocupar mais com o templo, com os sacrifícios, com a terra e tudo mais, menos em buscar conhecer ao Senhor. A preocupação do povo era muito mais um ritualismo do que uma verdadeira busca pela presença de Deus.

     Nos dias de hoje vemos tanto isso, tantas pessoas mortas espiritualmente, em nossas igrejas as pessoas tem compromisso com tudo, com os irmãos, a igreja, o pastor, mas menos com Deus, porque será? Quando passamos por essa religiosidade, não encontramos mais prazer nisso, vamos em busca de outras coisas, de outros deuses para nos sastifazermos e como o Povo de Israel estamos muito longe de Deus, longe de uma verdadeira adoração, estamos como que surdos, não atentamos para isso, ouvimos as palavras de advertências, para voltarem para o Senhor, mais não vemos a distância, achamos que está tudo bem, que não está tão grave. Assim, quando as lutas vêem, as guerras, o inimigo, ai olhamos e tentamos encontrar socorro e em quem porremos a nossa confiança? ...
     Olhamos para o Egito, e no mundo colocamos os nossos olhos lá e tentamos encontrar o nosso socorro. Confiamos em várias coisas, mas não atentamos para buscar o Senhor, assim confiamos:

Em si mesmo: Como Israel começamos a confiar nisso: "Somos a nação escolhida por Deus", "Nos temos o templo", "Somos chamados pelo Teu nome" e tantas outras ...
Ai dizemos: "Eu fui escolhida por Deus", "Vou sempre a Igreja", "Tenho o meu ministério", "Todos sabem que sou Cristão, Evangélico e Crente", e "Todos vêem o meu jeito não me contamino com o mundo, que sou separado" ...
      Mas não podemos confiar nisso, pois estar envolvidos na obra, não significa que estamos envolvidos com o Senhor da obra. Como Paulo disse: "Bem que eu poderia confiar também na minha carne. Se qualquer outro pensa que pode confiar na carne, eu ainda mais, circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus, quanto à lei, fariseu, quanto ao zelo, perseguidor da igreja, quanto à justiça qu há na lei, irrepreensivel." Fl. 3.4

Nas pessoas: Dizemos assim: "Minha familía será o meu apoio", "Tenho muitos amigos", "meu casamento", "meu namorado", ou "Vou me iludir com alguém".
     Mas a Biblia nos afirma "Maldito é o homem que confia no homem", pomos nossa confiança nisso, mas as pessoas nos decepcionam, todos erram ... Porque está escrito: "Não confieis em principes, nem nos filhos dos homens em quem não há salvação" Sl. 146.3

Nas Riquezas: Também dizemos: "Eu vou comprar um carro novo", "Uma casa", "Meu salário vai aumentar", "Sou estudado", "Sou bonito" e isso basta, vou ser feliz ...
     Ai tentamos nos iludir com tudo isso, mas no dia mau, nada disso nos serve ... em proverbios diz: "As riquezas de nada aproveitam no dia da ira" ... Pv. 11.4

     Mas, podemos olhar para o alto e encontrar o refúgio para a nossa alma:
No Senhor: Olhando para a vida de Davi vemos isso, ele fazia do Senhor a sua confiança, e buscava a Deus e a Sua presença, por isso ele diz: "Mais alegria me puseste no coração que a alegria deles, quando lhes há fartura de cereal e de vinho" porque "A alegria do Senhor é a nossa força"... e ele podia descançar no Senhor na adversidadee assim dizer também: "Não tenho medo de milhares do povo que tomam posição contra mim de todos os lados" Sl. 3.6 e também sabemos que "Feliz o homem que em Ti confia" Sl. 84.12

     Davi poderia ter confiado em sim mesmo, afinal ele foi ungido para ser rei, na sua posição, como o maioral e rei de Israel, ou nos seus valentes que dariam a vida por ele, mas ele preferiu confiar no Senhor, porque sabia que o Senhor dos Exercitos era a Glória de Israel, o Senhor era a única coisa que ele não poderia perder, ainda que perdesse família, o reino, mas ele implorou para que não retirasse dele o Espirito Santo. Ele preferia a presença do Senhor em sua vida, esse lugar para descançar, o melhor lugar para se estar, olhar para o Senhor Deus sempre, e não deixar que o nosso coração se esfriar, que não confiemos em outros deuses, e por causa da nossa frieza espiritual como Israel sair por ai buscando e encurvando para qualquer coisa, sem ver realmente o que precisamos, o que temos perdido, o que deixamos para trás. Precisamos estar com Ele, estar a sós com Ele, isso deve ser prioridade em nossas vidas, nos voltarmos e olharmos e realmente reconhecer a distância que chegamos, nos humilhar e implorar o perdão de Deus, porque andamos ansiosos com muitas coisas, mas apenas uma realmente importava ... E confiar no que a palavra de Deus diz: "E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Cr 7.14


Kenyelle S.